Geada atinge áreas de cana-de-açúcar em MS e usinas levantam impactos nas lavouras

As baixas temperaturas registradas na madrugada de sábado (06) e domingo (07), na região sul e parte da costa leste de Mato Grosso do Sul, causaram a ocorrência de geada em áreas de lavouras de cana-de-açúcar. O cone sul do Estado, onde se concentra 80% da produção, foi o mais atingido.

De acordo com o presidente da Biosul [Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul], Roberto Hollanda Filho, as unidades adequam o manejo da safra para colher a cana antes do período mais favorável à ocorrência de geadas. Ainda assim, pela extensão do fenômeno, outras áreas foram afetadas.

De acordo com o monitoramento meteorológico da Embrapa Agropecuária Oeste, na madrugada de domingo (07) em vários municípios no sul do Estado foram registradas temperaturas próximas de 0º.

Eventuais danos à cana-de-açúcar, quer seja para a safra em curso ou para a próxima, só poderão ser determinados a partir de mais uma ou duas semanas, com a avaliação do canavial. A partir daí, as unidades partem para eventuais medidas corretivas, quer seja na reprogramação da colheita ou nos tratos culturais.

Fonte: BIOSUL MS