Fórum Nordeste discute perspectivas para o setor sucroenergético

Com o objetivo de discutir o futuro do setor sucroenergético no Brasil, o Grupo EQM e o Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar-PE), realizam, nesta segunda-feira (16), em Recife, o Fórum Nordeste 2019: desafios e oportunidades nos setores de biocombustíveis e energias limpas.

O evento reúne inúmeras autoridades representativas das principais entidades de classe do setor, como o presidente do Fórum Nacional Sucroenergético, André Rocha; além do presidente e do presidente executivo da UDOP — União Nacional da Bioenergia, Amaury Pekelman e Antonio Cesar Salibe, respectivamente, dentre outras autoridades. Representantes de inúmeros ministérios e governos estaduais, bem como de entidades como a EPE, ANP, Datagro Consultoria, e outras, também participam do Fórum.

O Fórum Nordeste 2019 possui uma ampla programação com a discussão de temas relevantes para o setor, tais como o abastecimento nacional de combustíveis; o planejamento do setor elétrico nacional para a próxima década; investimentos em irrigação e incrementos na produtividade; visão estratégica do setor de açúcar e etanol e o RenovaBio; e as perspectivas para o mercado de BioQav no Brasil.

Para o presidente do Sindaçúcar-PE e Presidente Executivo da NovaBio (Associação de Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia), Renato Cunha, o Fórum Nordeste já consolidou um espaço propositivo na Agenda Nacional do Agronegócio, se constituindo em referência na agenda científica do setor sucroenergético.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias